Caíque Costa é artista visual, natural de Salvador/BA. Iniciou na arte por volta de 2015 através da fotografia, desenvolvendo projetos que pensam a relação das pessoas com seu entorno - o espaço, as coisas e o outro. Realizou a exposição fotográfica individual e todo caminho deu no mar no Palacete das Artes, em 2018. Deste projeto, também resultou o fotolivro Mar de Memórias, publicado pela Artisan Raw Books, em 2020. Participou também de várias exposições coletivas pelo Brasil e no exterior. Atualmente, desenvolve pesquisa e obras de arte relacional sobre a sociedade digital hiperconectada e os impactos na vida das pessoas. Neste projeto, executado em duas etapas, o artista amplia as formas expressivas e passa a trabalhar com objetos, pintura, colagem e obras digitais interativas. A primeira etapa está em fase final de processo criativo. A segunda etapa está em fase de pesquisa no Mestrado em Artes Visuais, na USP. Integra o grupo de artistas da Casa Tato 5, programa desenvolvido pela Galeria Tato, em São Paulo.

Retrato